Páginas

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Vou me atirar à vida...

Quero me perder
por inteiro...
Tudo!
Perder a razão,
o controle...
Me perder de mim mesmo
Esse que me persegue obstinadamente
E segura as minhas mãos quando estou prestes a pular!

Quero sentir a queda,
cada milímetro!
Me atirar sem culpa,
sem depois, Agora!
Que importa?

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Contínuo...

O silêncio
ecoa em meus ouvidos,
Não consigo mais alcançar...

As palavras
soltas pelo ar,
não posso segurar...

O grito:
surdo-mundo,
não consigo continuar!!!

A dor
amarga a partida,
não posso evitar...

O cheiro
doce lembrança sua
por todo lugar...

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Sinto muito...
mas não sinto nada...

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Indicativo do Presente

Eu estou só

Tu estás só

Ele está só

Nós estamos sós

Vós estais sós

Eles estão sós

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Amanhecendo...

Somos nós, aqui estamos

Constantemente,

Começando

A viver


Vivendo...

domingo, 28 de maio de 2017

À Deriva...

Sou eu,

Sombra

Inconstante-mente errando,

Eternamente


Perdido...

sábado, 20 de maio de 2017

Tragédia - 3º ato.

...Solto tuas mãos... mais uma vez... Será a última?


Todo o calor se esvai, instantaneamente percebo a chuva que

 gela a alma, o corpo...


Sabia que amo observar a chuva debaixo desses postes e luz 

laranja? É uma sensação... tão... Quente!


E o que restou do corpo, inerte, se perde!